Make your own free website on Tripod.com

Corrupião

Ave passeriforme da família dos icterídeos (Icterus icterus), a mesma do chopim e do melro. Afamada pela beleza e pelo canto possante.

Pássaro sul-americano afamado pela beleza, o corrupião também desperta interesse pelo canto possante, de freqüentes entonações melancólicas. Seus recursos vocais são tantos que lhe permitem imitar outras aves e trechos de música.

O corrupião (Icterus icterus) pertence à família dos icterídeos, a mesma do xexéu, do chopim e do melro, e mede 25cm de comprimento em média. Existem no Brasil duas formas, consideradas em geral variedades distintas. A primeira, conhecida como sofrê ou concriz (I. i. jamacaii), tem a plumagem básica cor de laranja, com áreas pretas na cabeça, garganta, cauda e asas. Em cada asa destaca-se uma discreta faixa branca. Ocorre do Maranhão à Bahia e em Minas Gerais. A segunda forma, a que são dados os nomes de joão-pinto ou rouxinol (I. i. croconotus), tem as costas e o alto da cabeça também cor de laranja. Ocorre da Amazônia ao Mato Grosso do Sul.

Freqüente em zonas de caatinga e cerrado, o corrupião pratica às vezes o nidoparasitismo, aproveitando ninhos abandonados de espécies como o xexéu, o joão-de-barro e o bem-te-vi. Ocorre em outros países, como Paraguai, Bolívia e sobretudo Venezuela, onde é considerado a ave nacional.

Voltar