Make your own free website on Tripod.com

Corvo

Ave da família dos corvídeos (Corvus corone), de plumagem negra brilhante e bico forte. Encontrada na Europa, Ásia, África e América do Norte.

Associado no passado ao mau agouro e à bruxaria pelo negro da plumagem, o corvo é muito inteligente e, se criado desde cedo e treinado adequadamente, repete os sons dos outros animais e a voz humana.

O corvo comum (Corvus corone) é uma ave da família dos corvídeos, que também inclui a gralha e a pega. Quando adulto, atinge em média setenta centímetros de comprimento. Tem a plumagem de cor negra brilhante, o bico forte e a cauda em forma de cunha. Compreende diversas raças, encontradas em grande parte da Europa, no oeste da Ásia, norte e oeste da África e América do Norte.

Ave gregária, o corvo vive em bandos ou em pares e, à noite, reúne-se em grupos numerosos na copa das árvores, em rochedos ou edifícios abandonados. Sua alimentação é bastante variada: captura todo tipo de pequenos animais, como vermes, moluscos, insetos, répteis e roedores, assim como pequenas aves e ovos; também come carniças e despojos, disputando-os às vezes com os abutres. Ao se aproximar a época do cio, os machos passam a brigar entre si pela posse das fêmeas. Estas põem de quatro a oito ovos azulados, que chocam durante 18 dias.

Entre as espécies de distribuição geográfica localizada destacam-se o chamado corvo vulturino (Corvultur crassirostris), de plumagem negra com reflexos azulados, das montanhas da África oriental. Na América do Norte, vive o Corvus brachyrhyncus. No Brasil, por influência portuguesa, costuma-se dar erradamente o nome de corvo ao urubu

Voltar